Humor do Dia

21.11.2013 | 08h10
Tamanho do texto A- A+


Variedades / CARREIRA

“Não basta ser a gostosa da cena”

Ex-participante do reality show “A Fazenda”, carioca falou sobre rótulo e disse que encararia qualquer papel na TV



Ela é linda, loira, sarada e para o trânsito por onde passa. Robertha Portella sua a camisa para manter o corpão, mas também sofre com rótulos desde quando assumiu que seria a carreira de atriz a grande paixão da sua vida. Ex-participante de “A Fazenda”, da edição agosto de 2012, ela saiu do confinamento do reality show, iniciou a Oficina de Atores da Record e conquistou o papel de Dafne em “Dona Xepa”. Agora, ela grava o especial de fim de ano “Noite de Arrepiar”, também da emissora e no corpo de uma enfermeira linda, loira, sarada e de parar o trânsito.

 

Nas mãos de Robertha, tudo que poderia ser prejuízo virou lucro. “O lance é ter consciência que você tem muito para aprender. Para mim não basta ser a gostosa da cena. Eu quero mais é pegar a gordinha daqui a um ano e ter que engordar 20 quilos e fazer um personagem totalmente diferente. Mas se é isso que Deus está me dando agora e é por aí que eu vou entrar, então abre a porta que eu estou indo”, falou ao iG durante as gravações do programa de fim de ano.

Com a cabeça no lugar, Robertha mostrou que é madura para driblar o ego e as críticas. “Na vida real sempre existe uma gostosa, uma sensual. Eu não fico ofendida e nem com medo desse estereótipo, porque se tem alguém para interpretar e esse alguém sou eu, poxa, legal, eu faço a gostosa então. Isso não é ruim. Algumas pessoas chegaram a comentar sobre essa preocupação comigo. E eu parei para pensar em uma galera que faz gostosa há anos. Danielle Winits, Deborah Secco, Juliana Paes, Rita Guedes… Eu acho que elas estão felizes, na boa”, disse.


Robertha falou que entende que ainda tem um caminho longo pela frente e suga toda experiência de artistas veteranos para ganhar conhecimento e preparo. Assim, ela consegue manter a consciência tranquila e com foco no trabalho. “Eu tenho que falar com cuidado para não colocar em um tom de prepotência, mas realmente quando começaram a falar sobre esse rótulo, eu pensei se isso iria me atrapalhar. Mas voltei a pensar nos exemplos que dei e, cara, como você vai colocar uma Danielle Winits sem estar gostosa na novela? Ela tem uma interpretação incrível, está bombando na novela das 21h, e como você vai esconder que ela é linda? Não dá. Isso não é nenhum bicho de sete cabeças. É procurar melhoras, acrescentar, cada vez mais elementos para o personagem. Isso não é ruim, é bônus”, afirmou.

Seriado na Record?

Assim como os outros especiais já gravados (“Pa Pe Pi Po Pu”, “Coisas de Casal” e “Nova Família Trapo”), “Noite de Arrepiar” é visto como piloto para uma possível continuidade na grade de 2014. Sobre isso, Robertha só torce para que o projeto tenha fôlego. “Eu acho o texto incrível, eles escolheram muito bem o elenco, e teria como virar um seriado sim. Tem até a questão de não prender o nome ao Natal por conta disso. Eu acho mesmo que o público vai gostar e tem tudo para dar uma bombada, porque está muito engraçado”, garantiu.



AVALIE:
0
1
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Institucional

Enquete

Qual candidato deve ser eleito para o Senado neste ano?

Wellington Fagundes

Rogério Salles

Rui Prado

  • Parcial Votar

Vídeos

Mulher é flagrada fazendo xixi no elevador

Turista come sorvete com fezes de pássaro

Menino dá bronca na mãe pela gravidez

Newsletter



Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados