Quinta, 27 de dezembro de 2018, 17h16
Tamanho do texto A- A+


Variedades / babado

Naiara Azevedo provoca polêmica no Encontro

Internautas também questionaram a presença de Naiara Azevedo num programa sobre sororidade

Fátima Bernardes recebeu convidados no Encontro desta quinta-feira (27) para falar sobre sororidade e dororidade — um termo criado por Vilma Piedade para definir a união das mulheres pela dor. No entanto, o comentário de Naiara Azevedo provocou polêmica entre os telespectadores, que questionaram a cantora no Twitter.

Após ouvir os comentários de Vila Piedade, a sertaneja falou: “E para ver o tanto que a pessoa que é preconceituosa é ignorante, porque eu estou admirada com a inteligência, com as palavras, com a sua inteligência… ela é uma mulher preta, como ela se diz, tão inteligente, tão culta e dando todos esses ensinamentos para gente. Eu gostaria de te aplaudir e dizer… eu tenho muito o que aprender com ela!”, disse Naiara Azevedo. Na internet, no entanto, muitos consideraram o comentário racista.

“A gente só perde a oportunidade, né? Quando a gente não tem, quando a gente não se aproxima, a gente só perde a oportunidade de troca, né?”, interrompeu Fátima Bernardes. “Mas você ajudou muita gente, né? Porque você, na música, também está numa batalha porque a música sertaneja também é muito machista, muito um espaço só de homens…”, questionou a apresentadora.

“Acho que mais que uma carreira, mais do que ser uma artista, as pessoas perguntam ‘mas vale a pena, toda essa loucura de você não ter uma vida social ativa, de você viver para o seu trabalho?’. Eu falo assim ‘mais do que uma carreira, mais do que tudo que as pessoas vêm, o glamour, eu acho que é mais uma missão. Mais do que cantar sertanejo, que entretém, que agrada, que traz alegria, mas é levar uma mensagem, uma mensagem de fé, eu tenho muita fé, uma mensagem de força”, explicou a sertaneja.

Internautas também questionaram a presença de Naiara Azevedo num programa sobre sororidade — a cantora é conhecida pelo hit “50 reais”, que diz: “Não sei se dou na cara dela ou bato em você/ Mas eu não vim atrapalhar sua noite de prazer/ E para ajudar pagar a dama que lhe satisfaz/ Toma aqui uns 50 reais”.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados