Terça, 05 de junho de 2018, 11h39
Tamanho do texto A- A+


Política / de aeroportos

"Concessão será importante para o desenvolvimento de MT", diz Maluf

O parlamentar participou de reunião com o governador Pedro Taques, nesta segunda-feira (04), e garantiu o apoio da ALMT durante o processo de concessão

OLGA KUNZE / ASSESSORIA DE GABINETE

Clique para ampliar

"A concessão de aeroportos mato-grossenses à iniciativa privada será importante para fomentar o turismo, fortalecer a economia e promover o desenvolvimento do Estado". Esta é a avaliação do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB). O parlamentar participou de reunião para debater o assunto, realizada com o governador Pedro Taques, o deputado federal Nilson Leitão, deputados estaduais prefeitos, vereadores e representantes de entidades.

“A concessão dos aeroportos é uma grande saída para o nosso estado, especialmente para a Capital, uma vez que o nosso aeroporto tem potencial internacional. Mato Grosso possui dimensões continentais. A distância entre os municípios e regiões é muito grande, o que dificulta o deslocamento entre eles. Diante desse cenário, a integração pela via área é fundamental para garantir o desenvolvimento do estado”, declarou Maluf.

As novas concessões à iniciativa privada terão prazo de duração de 30 anos e fazem parte do Programa Nacional de Desestatização. Mato Grosso será o único estado brasileiro a ter um bloco de aeroportos para concessão, no qual estão incluídos os aeroportos de Várzea Grande, Rondonópolis, Alta Floresta, Barra do Garças e Sinop.

Durante a reunião, Guilherme Maluf parabenizou o deputado federal Nilson Leitão e o governador Pedro Taques pelas articulações que resultaram na inclusão de cinco unidades estaduais no programa nacional e garantiu o apoio da Assembleia Legislativa durante o processo.

“Fico muito feliz em saber que esses investimentos finalmente sairão do papel. Sem dúvida, os municípios contemplados terão ganhos enormes com essa medida. Vamos montar um grupo na Assembleia Legislativa para fazermos o que for possível no sentido de facilitar e acelerar o processo de concessão desses aeroportos”, anunciou.

Segundo o diretor do departamento de Políticas Regulatórias da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Ronei Saggioro Glanzmann, que participou da reunião por meio de videoconferência, os investimentos realizados nos cinco aeroportos serão de R$ 800 milhões.

O aeroporto de Várzea Grande receberá a maior parte dos investimentos: R$ 518,8 milhões, que serão destinados à construção de uma nova pista de pouso e decolagem e ampliação do terminal de passageiros, que terá seu tamanho triplicado, entre outras obras. Com os investimentos, a expectativa é que o fluxo anual de passageiros no aeroporto, que hoje é de aproximadamente 3 milhões, chegue a 8 milhões até o final da concessão.

Os investimentos no aeroporto de Sinop totalizarão R$ 82 milhões. Em Rondonópolis e Alta Floresta serão investidos R$ 69 milhões. Já em Barra do Garças os investimentos serão de R$ 50 milhões.

Atualmente o processo de concessão está na fase de consulta pública. Além da reunião desta segunda, na qual foram apresentados detalhes dos projetos, será realizada uma audiência pública em Cuiabá no dia 19 de junho para debater o assunto. Além disso, a consulta pública também está disponível no site da Secretaria de Aviação Nacional (SAC), onde permanecerá por um prazo de 45 dias.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados