Quarta, 14 de junho de 2017, 19h00
Tamanho do texto A- A+


Polícia / Várzea Grande

Polícia Civil prende assaltante com seis registros criminais

O suspeito foi preso no bairro Construmat, em cumprimento de mandado de prisão preventiva

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande prendeu um homem acusado de cinco roubos à mão armada, cometidos no comércio e também suspeito de um crime de latrocínio ocorrido no bairro da Manga, que ainda está sob investigação.

 

O suspeito, J.J.L.C. de 26 anos, foi preso no bairro Construmat, em cumprimento de mandado de prisão preventiva.

 

Com registro criminal também por porte ilegal de arma de fogo, Joanil é autor de roubo praticado em um supermercado, no dia 22 de maio de 2017. Por duas vezes, o estabelecimento foi vítima do mesmo criminoso, sendo que na última ele invadiu o mercado, abordou a funcionária do caixa, exigindo todo o dinheiro que ali se encontrava.

 

O gerente do estabelecimento conseguiu identificar que o ladrão era a mesma pessoa que assaltou o mercado há cerca de 4 anos. Pelo crime ficou preso e após ser solto retornou ao mercado para novamente praticar roubo, por uma suposta vingança por ter sido reconhecido naquele fato.

 

O roubo foi gravado pelo circuito interno de monitoramento. Nas imagens é possível observar, que Joanil, após realizar a subtração, aponta a arma para outro funcionário, pois achou que este seria segurança e poderia estar armado. Ele exige que o empregado levante a camisa para confirmar não estar armado.

 

Reincidente, o preso é suspeito de vários outros roubos, entre eles um cometido em um “espetinho”, na semana passada; do assalto em um posto de combustível e também de um latrocínio no bairro da Manga. Os casos ainda estão em apuração na Delegacia de Roubos e Furtos.

 

O delegado adjunto da Derf, Eduardo Rizzoto, ressaltou a necessidade da decretação da prisão em razão da intensa atividade criminosa do suspeito, que vem trazendo insegurança ao moradores da cidade de Várzea Grande.

 

“Ele sempre age com muita violência e se utiliza de armas de fogo. Se não tomarmos uma medida rápida, tirando esse criminoso das ruas, é possível que, a qualquer momento, venha a tirar a vida de algumas das vítimas”, disse.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados