Quinta, 10 de maio de 2018, 12h08
Tamanho do texto A- A+


Polícia / interior de mt

PJC localiza 04 corpos de vítimas executadas por membro de facção

A investigação iniciou após a Polícia Civil tomar conhecimento de um vídeo da execução de um homem em 01 de abril deste ano

A Polícia Judiciária Civil de Campo Novo do Parecis (396 km a Noroeste) prendeu na manhã desta quinta-feira (10) um ex-militar do Exército de 31 anos suspeito de integrar uma organização que teria agido em pelo menos cinco homicídios nos últimos meses. Durante todo o dia a PJC, em conjunto com a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) realiza procedimentos para isolamento e recolha dos restos mortais das vítimas.

A investigação iniciou após a Polícia Civil tomar conhecimento de um vídeo da execução de um homem em 01 de abril deste ano. A prisão do suspeito identificado como Jose Elgy Alves Silva, 31, se deu em cumprimento a mandado de prisão e buscas, após representação da autoridade policial.

De acordo com o delegado que conduz as investigações, Adil Pinheiro de Paula, o suspeito é dono de duas borracharias e uma boate na cidade – com faturamente mensal declarado em R$ 22 mil.

Após sua prisão e confissão, os policiais civis localizaram quatro corpos de vítimas que foram executadas na região.

“As investigações apontam que ele é líder de uma facção criminosa que age em toda a regional. Na Delegacia, ele confessou cinco homicídios (4 consumados mediante execução e uma tentativa)", explica o delegado.

Em uma fotografia ele aparece posando fazendo gesto com as iniciais de uma facção criminosa, que age dentro e fora dos presídios, segurando ossos dos cadáveres mortos por ele.

Os corpos foram localizados em áreas rural na manhã desta quinta-feira (10).



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados