Sábado, 04 de novembro de 2017, 10h27
Tamanho do texto A- A+


Opinião

O fracasso de uma geração política

Só na próxima eleição, mas será que na próxima eleição, aparecerá um candidato compromissado com a verdade da campanha ou com as mentiras e fracassos administrativos ou legislativo no exercício do poder?

A democracia ainda é o melhor sistema político do mundo, pois vence o mais votado, mas muitas vezes o mais votado não é o melhor eleito, e no decorrer do mandato, a verdade da campanha torna-se a mentira no exercício do poder, e como mudar?

Só na próxima eleição, mas será que na próxima eleição, aparecerá um candidato compromissado com a verdade da campanha ou com as mentiras e fracassos administrativos ou legislativo no exercício do poder?

Na próxima eleição haverá um afastamento do povo do processo democrático, pois ninguém acredita mais em ninguém, e como acreditar em pelo menos um candidato, se quase todos estão sendo denunciados ou investigados.

Existe pelas ruas uma tristeza espalhada nos rostos das pessoas, a alma do povo está cheia de mágoa, de revolta, de nojo e de indignação, vinda pela situação em que os políticos deixaram de ser políticos, e se transformaram em atores nos filmes das Delações Premiadas, são imagens que não tem como negar, pois expõe os políticos “metendo as mãos” no dinheiro público, é vergonhosa, e mesmo depois dessa triste realidade, será que eles, ainda terão a “cara de pau” de candidatar-se?

Os políticos com os seus sorrisos emoldurados com os seus dentes artificiais e demostrando as suas alegrias individualizadas, e acreditam nas suas malandragens, e que através destas, possam continuar a enganar o povo infinitamente, tendo como base, a força do financeiro acumulado através das Verbas Indenizatórias e outros acordos espúrios. Eles vem aí, e em 2018 tentaram usar o poder de massificar as inverdades pelas sequências das repetições de falsas possibilidades de realizações públicas.

Hoje, a liderança natural pouco existe, historicamente diante de tantas safadezas, criou-se um vácuo no mundo político, pois o povo foi traído mais uma vez, e fica a dúvida. Será que o eleitor ainda irá acreditar em propostas de um mundo melhor, pagando impostos de primeiro mundo, e recebendo serviços públicos dos piores dos mundos?

Será que ainda existirá algum eleitor que acreditará nas fórmulas mágicas, vindas das bocas dos políticos filmados, investigados e denunciados?

Só a democracia tem o poder de renovar a esperança de dias melhores para os eleitores, mas de eleição em eleição, tudo está piorando, e o que vemos é um quadro político que está se renovando, só que para o pior, são os piores momentos da vida pública em Mato Grosso.

A democracia nos tempos passados, era sim uma festa, começava nos comícios e perpetuavam até o dia da eleição, onde as pessoas compravam roupas novas para irem bem vestidas, e nesse dia cívico, o povo procurava honrar o seu voto, os partidos eram Agremiações respeitadas e amadas pelos seus filiados e simpatizantes, mas hoje os partidos viraram apenas uma roupa que se veste para ganhar eleições, e a maiorias dos políticos nunca leram os estatutos partidários, e como falar em ideologia se no país existem mais de 30 partidos?

A nossa vida depende da politica, em todas as atividades sociais e econômicas se reflete idéias de ordem vindo através dos projetos legislativos, mas o tempo passa e o quadro político vai piorando, os debates entre os tribunos não existem mais, é um fracasso de uma parte desta geração de políticos, que preferiram trocar a ética em nome da possibilidade de encher os bolsos com dinheiro dos órgãos públicos.

Wilson Carlos Fuáh é economista e Especialista em Administração Financeira e Relações Sociais e Políticas - Fale com o Autor: wilsonfua@gmail.com



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados