Terça, 14 de novembro de 2017, 08h32
Tamanho do texto A- A+


Geral / economia

Imóveis do Grupo Modelo são arrematados por R$ 21 milhões

Os lances finais dos lotes somaram o valor de R$ 21,240 milhões, sendo que o imóvel localizado na Av. Miguel Sutil foi arrematado pelo valor de R$ 11,240 milhões pela rede Comper

O quinto leilão de dois imóveis  do Grupo Modelo realizado por determinação da 1º Vara Civil da Comarca de Cuiabá foi arrematado acima do valor de avaliação.

Os lances finais dos lotes somaram o valor de R$ 21,240 milhões, sendo que o imóvel localizado na Av. Miguel Sutil foi arrematado pelo valor de R$ 11,240 milhões pela rede Comper, enquanto que o imóvel localizado na Av. Brasil no bairro CPA 2 foi arrematado por R$ 10 milhões pelo Grupo Sorpan.

O administrador judicial da massa falida do Grupo Modelo, o advogado Antonio Luiz Ferreira da Silva, explica que o valor arrecadado no leilão será utilizado para o pagamento dos débitos extraconcursais trabalhistas, referentes às obrigações trabalhistas contraídas pelo Grupo Modelo após o pedido de recuperação judicial que se deu em 22 de março de 2013, e que somam mais de R$ 12 milhões. Os valores se referem apenas aos credores já julgados e habilitados, que compreende mais de 1,1 mil pessoas.

A expectativa é de que até o final de 2018 já esteja concluído o julgamento de todos os processos referentes aos ex-funcionários da Massa Falida do Grupo Modelo, o que também incluirá os credores extraconcursais.

“Ainda existem mais nove kits de bens móveis que serão objeto de leilão judicial nos próximos meses. O valor desses kits se situa em torno de R$ 1,5 milhão. Os kits são conjuntos de bens móveis que estavam nas lojas do Grupo Modelo”, explicou o advogado Antônio Luiz Ferreira da Silva.

Forma de Pagamento 

Os dois imóveis leiloados nesta segunda-feira receberão 30% do valor de arremate dentro de 24h, cada um, e o saldo em 23 parcelas, conforme previsto no edital.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados