Segunda, 09 de abril de 2018, 14h42
Tamanho do texto A- A+


Esportes / Paulista 2019

Grupo de conselheiros pede apenas jovens da base

No documento, eles pedem que o clube utilize apenas atletas das categorias de base na edição de 2019 do Estadual

Areté Editorial S/A

Clique para ampliar

A confusão que marcou a decisão do Campeonato Paulista, disputada no último domingo, motivou um grupo de 14 conselheiros do Palmeiras a endereçar uma carta a Maurício Galiotte, presidente do clube. No documento, eles pedem que o clube utilize apenas atletas das categorias de base na edição de 2019 do Estadual.

No Allianz Parque, com o Corinthians ganhando por 1 a 0, Marcelo Aparecido apitou pênalti de Ralf sobre Dudu. Após oito minutos de paralisação e interação com o quarto árbitro Adriano Miranda, o juiz principal mudou de ideia e marcou apenas escanteio.

No documento endereçado a Maurício Galiotte nesta segunda-feira, os 14 conselheiros do Palmeiras, com “indignação e revolta”, pedem que o clube alviverde “dispute o Campeonato Paulista de 2019 com uma equipe formada apenas por jovens atletas da nossa base”.

Único integrante palestrino a conceder entrevista após a decisão, Galiotte subiu o tom para condenar o ocorrido em campo e criticar o torneio organizado pela Federação Paulista de Futebol (FPF). “O Palmeiras é muito maior do que o Paulistinha”, esbravejou.

O documento elaborado nesta segunda-feira pede também que “a Diretoria Executiva solicite a todos os conselheiros que integram também o corpo de trabalho da Federação Paulista de Futebol que peçam demissão do cargo, até o final desta semana, ou que renunciem ao seu mandato no conselho do clube”.

O grupo de conselheiros sugere ainda que o Palmeiras filme todas as partidas na íntegra por diferentes ângulos, especialmente os movimentos da equipe de arbitragem. Para completar, pleiteia que os membros da equipe de arbitragem da decisão não voltem a atuar em jogos do clube.

Veja os pedidos dos conselheiros palmeirenses:

1. Que a Diretoria Executiva solicite a todos os conselheiros da Sociedade Esportiva Palmeiras que integram também o corpo de trabalho da Federação Paulista de Futebol que peçam demissão do cargo, até o final desta semana, ou que renunciem ao seu mandato no conselho do clube.

2. Que a SEP dispute o Campeonato Paulista de 2019 com uma equipe formada apenas por jovens atletas da nossa base.

3. Que o clube, através dos seus próprios recursos, filme as partidas na íntegra, com diversas câmeras e de vários ângulos, especialmente a equipe de arbitragem presente em nossos jogos, para que possa, assim, evitar que ocorra novamente interferência externa em nossos jogos, fato que, aliás, tem se tornado corriqueiro em prejuízo ao nosso clube.

4. Proíba que qualquer membro da arbitragem presente ontem na decisão do campeonato volte a trabalhar em qualquer jogo do Palmeiras, por qualquer campeonato, em qualquer tempo e que tal restrição se aplique também ao chefe de arbitragem Dionísio Roberto Domingues.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados