Sexta, 25 de agosto de 2017, 11h50
Tamanho do texto A- A+


Boca na Botija

Inimigos políticos

Taques nega acordo com Silval e atribui relação de seu nome como desonesta

O governador Pedro Taques (PSDB), por meio de nota, pontuou não ter nenhuma relação com os fatos noticiados acerca da delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (PMDB).


Isso porque, Silval teria declarado que o senador da República, Cidinho Santos (PR) o visitou no Centro de Custódia de Cuiabá, propondo que desistisse da delação premiada e em troca o senador Wellington Fagundes, Taques e o ministro da Agricultura Blairo Maggi trabalhariam para barrar a Operação Ararath.


“Reafirma que foi e é adversário político do grupo do ex-governador, não fez nem autorizou ninguém a fazer acordo de qualquer natureza com Silval Barbosa, e atribui a citação do seu nome na delação como uma tentativa rasteira e desonesta dos seus inimigos, movida por vingança, de envolvê-lo nesse escândalo monstruoso que envergonha Mato Grosso perante a Nação”, diz trecho.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados