Terça, 10 de outubro de 2017, 10h19
Tamanho do texto A- A+


Boca na Botija

Delegado substituto

GCCO vai investigar suspeitas de fraudes em concurso público em MT



Por meio de nota à imprensa, a Diretoria da Polícia Judiciária Civil, informou que determinou a apuração a respeito de questionamentos durante a aplicação das provas objetivas e dissertativas do concurso público para delegado substituto, que ocorreu no último dia 8.

 

A apuração será realizada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

 

A Comissão do Concurso apreendeu dois envelopes plásticos, que continham provas e os entregou ao GCCO para envio à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), visando esclarecer se houve rompimento.

 

O Cebraspe informou que os envelopes de prova são confeccionados em material plástico e, no momento que são lacrados, podem ocorrer leves rugas devido à cola utilizada. O malote de provas, que carrega os envelopes até as salas de aulas, permaneceu com seu lacre de aço intacto até o momento da abertura frente aos candidatos.

 

Quanto às imagens da folha de resposta e folha com instruções para a prova dissertativa, que circularam nas redes sociais, o GCCO informou que, em tese, não configuram crime, por não haver conteúdo sigiloso, já que não eram as provas. No entanto, o candidato poderá ser desclassificado por usar celulares ou smartphones dentro das salas, desobedecendo a regras do edital.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados